Tempo aproximado de leitura: 1 minuto.

Sabe o que são AINE?

Os AINE (Anti-inflamatórios Não Esteróides) são utilizados no tratamento da dor e da inflamação e utilizados por muitas mulheres com enxaquecas, dor reumática e músculo-esquelética, infeções de ouvidos, nariz ou garganta e dores menstruais.

Em Junho do ano passado, no Congresso que aconteceu em Roma promovido pela European League Against Rheumatism (EULAR), foi apresentado um estudo levado a cabo pelo Dr. Sami Salman, na Universidade de Bagdad, sobre o impacto deste tipo de medicação na fertilidade das mulheres.

Embora pequeno, este estudo coloca novas questões sobre a utilização dos AINE e seus eventuais impactos na fertilidade das mulheres.

Medicamentos como Etoricoxib (Arcoxia), Naproxeno ou Diclofenac demonstraram ter uma dupla acção no ciclo menstrual: a suspensão da ovulação e consequente redução dos níveis de progesterona – ambos essenciais para a fecundação, implantação e manutenção da gravidez.

O impacto na função ovulatória

As voluntárias do estudo foram submetidas a análises ao sangue e ecografias endo-vaginais no início e no fim da toma da medicação, que aconteceu durante 10 dias: do dia 10 ao dia 20 do seu ciclo menstrual.

“As pacientes tratadas com etoricoxib, naproxeno e diclofenac demonstraram valores significativos no que toca a inibição da ovulação, sendo o diclofenac o inibidor mais potente quando comparados entre eles.”

Um terço das voluntárias desenvolveu ainda quistos funcionais devido à não evolução folicular, tendo estes desaparecido no ciclo seguinte, em que não se registou a toma de nenhum destes medicamentos.

Todas as voluntárias ovularam no ciclo que seguiu a descontinuação da medicação.

Aguardam-se mais desenvolvimentos decorrentes desta descoberta mas para já ficam duas reflexões: por um lado, aceitar que ainda não se conhece o impacto de muitas medicações, disponibilizadas às mulheres, em termos do aparelho reprodutor e seu funcionamento;  por outro, entender que estas descobertas trazem novas possibilidades para o estudo de outras formas de contraceção de emergência.

Se precisa de uma ajuda para gerir as suas dores menstruais, experimente os Adesivos Menstruais da nossa loja.


Fontes e Referências:

European League Against Rheumatism (EULAR) Congress 2015: Presented June 11, 2015.

Salman, S., Sherif, B., Al-Zohyri A., Effects of Some Non Steroidal Anti-Inflammatory Drugs on Ovulation in Women with Mild Musculoskeletal Pain, Ann Rheum Dis 2015;74:117-118

Infarmed